É a crise econômica ou ainda não sabemos vender nosso peixe ?

Não tenho dúvidas que o mercado brasileiro deu uma boa encolhida nos últimos meses, quiça nos últimos anos.

 

Toda crise faz as empresas e pessoas repensarem suas ações, custos, prioridades etc. Isto é compreensível.

 

O que me chama atenção ainda, principalmente neste momento, são os pedidos e sugestões (e aqui falo em especial para os profissionais de Comunicação, Endomarketing e RH) que recebemos para realizarmos nas empresas: eventos, ações de comunicação, de engajamento, campanhas motivacionais, sem custo !!

 

Ok que a verba pode estar reduzida, pode não ser a prioridade.

Ok para exercitarmos nossa criatividade e capacidade de realizar ações com custo baixo.

Ok para pensarmos fora da caixa.

 

Agora fazer ações sem custo, isto quer dizer, sem envolver os devidos profissionais qualificados, tempo para estudar e entender a demanda da empresa, compra de produtos ou serviços adequados não me parece somente pela falta de recursos financeiros.

 

Ou será que ainda não fomos eficientes na venda do nosso peixe ? Será que de verdade as empresas e as lideranças entendem o papel do Comunicador na estratégia da empresa ou ainda somos vistos como "fazedores de eventos/festinhas" ?

 

É claro que isto não se aplica em todas as empresas e lideres, mas ainda me assusta ler, ver e receber uma boa quantidade de solicitações deste tipo.

 

Entendo que nós comunicadores ainda temos uma missão grande pela frente.

Sair do operacional para o estratégico é um salto grande que devemos ter mente,

mesmo sem dinheiro para realizar !

 

Abraços,

Fábio Di Renzo 

  • Facebook ícone social